28.3 C
Patrocínio
domingo 29 novembro 2020
- Trapiche Bar & Petisco -
Início Destaque Colégio Militar de BH desacata decisão judicial e mantém volta às aulas...
- Macaúba Ar Condicionado -

Colégio Militar de BH desacata decisão judicial e mantém volta às aulas nesta 2ª

Instituição determinou apenas que professores civis devem continuar trabalhando à distância

O comando do Colégio Militar de Belo Horizonte desacatou uma decisão da Justiça Federal e manteve o retorno às aulas presenciais a partir desta segunda-feira (21). Com isso, as atividades escolares não continuarão sendo feitas à distância, como determina medidas sanitárias dos governos municipal e estadual por causa da pandemia.

Conforme um comunicado enviado aos professores no início da noite deste domingo (20), o comando da instituição esclareceu que só vai obedecer a determinação de que os docentes civis devem continuar em regime de teletrabalho. “Informo que, em cumprimento à decisão judicial (…), os Servidores Civis da Área de Docência do Colégio Militar de Belo Horizonte ficarão em regime de teletrabalho até ulterior manifestação do Juízo”, consta.

Assim, os professores militares terão que dar aulas normalmente, ocasionando em uma possível diminuição da carga horária. A carta é assinada pelo coronel Régis Rodrigues Nunes, comandante e diretor de Ensino do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva e do colégio.

Conforme alunos e professores, os foi passado que o cronograma anunciado, de volta às aulas a partir desta segunda, está mantido. A reportagem tentou entrar em contato com o educandário, mas sem êxito.

Comunicado

De acordo com um comunicado enviado aos estudantes e obtido por O TEMPO, a disposição das aulas por turma funcionará da seguinte forma:

Segunda-feira: 1º, 2º e 3º ano do Ensino Médio
Terça-feira: 8º e 9º ano do Ensino Fundamental
Quarta-feira: 2º e 3º ano do Ensino Médio
Quinta-feira: 8º e 9º ano do Ensino Fundamental
Sexta-feira: 1º e 3º ano do Ensino Médio

No informe, o coronel pede que todos sigam as normas para se evitar a proliferação do coronavírus. “Finalizando, ressaltamos que para uma retomada plena de sucesso, é fundamental a participação de todos, escola, família e aluno, no fiel cumprimento dos protocolos sanitários, a fim de proporcionar um ambiente seguro e saudável a todos os integrantes da família Garança”, diz.

Além disso, o colégio fundamenta essa decisão em um suposto parecer de força executória da Procuradoria-Geral da União (PGU) e da Advocacia-Geral da União (AGU), autorizando essa volta. No entanto, apenas uma decisão judicial pode sobrepor uma outra decisão judicial, o que não aconteceu. A reportagem tentou entrou em contato com a AGU sobre o assunto e aguarda retorno.

“A AGU tem papel de defesa do Estado. O que ela pode fazer é entrar com recurso e tentar cassar essa liminar, mas nenhum parecer dela vai sobrepor uma decisão judicial, ainda mais da Justiça Federal. Isso é um desacato sim”, explicou o advogado constitucionalista e professor universitário Mário Lúcio Quintão.

Entenda

A instituição militar de Belo Horizonte anunciou na última quarta-feira (16) o retorno às atividades presenciais no bairro São Francisco, na região da Pampulha. O comunicado feito pelo colégio indicava que haveria um revezamento entre turmas e a adoção de medidas sanitárias relacionadas à Covid-19 para garantir a segurança de estudantes, funcionários e familiares.

No entanto, após o Sindicato dos Trabalhadores Ativos, Aposentados e Pensionistas do Serviço Público Federal (SINDSEP-MG) ajuizar uma ação judicial pedindo a proibição desse retorno, medida apoiada pela Prefeitura de Belo Horizonte, a Justiça Federal determinou na última sexta-feira (18) a suspensão dessa volta às aulas, sob pena de multa diária de R$ 5 mil.

Conforme funcionários, o Exército Brasileiro, através da AGU, entrou com recurso para derrubar a proibição. A informação, no entanto, ainda não foi confirmada pelo governo.

Erramos

Inicialmente, a primeira versão desta matéria dizia que o Colégio Militar iria cumprir totalmente a decisão da Justiça de não voltar às aulas presenciais, porém, após consultas, foi nos informado que apenas a parte do não retorno dos professores civis foi cumprido. Pedimos desculpas.

Conteúdo O Tempo

Fonte: O Tempo

-Onnet Telecom -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Posto São Francisco -
- Bio Vida -
- Borges Seminovos -
- Casa Bonita -
- Tropeirão -
- Hellen Modas -

ULTIMAS NOTÍCIAS

Vem aí a 4ª Edição da Copa João Catupiry – Inscreva sua equipe – vagas limitadas

**Vem ai!** ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽ 4ª COPA JOÃO CATUPIRY 🤑 Mais de R$ 5.000 em prêmios. 🏟️ Centro Esportivo Camisa 10 📅 Inicio 10 de Janeiro de 2021 ✒️ INSCREVA SUA EQUIPE ℹ️...
- Criativa Móveis -
- Sabor Mineiro -
- Brasil Lubrificantes -

OUTRAS NOTÍCIAS

Cazares, do Atlético-MG, é oferecido ao São Paulo

Cazares, do Atlético-MG, foi oferecido ao São Paulo. O nome do jogador chegou ao Morumbi por meio de empresários, foi analisado e descartado. Os...

Confira as vagas de emprego do SINE Patrocínio – MG atualizadas

5527894 AJUDANTE DE COZINHA (4 VAGAS) Disponibilidade de horários; experiência comprovada em carteira; auxiliar na higienização das áreas de trabalho, equipamentos e utensílios, preparo de vegetais,...
- Borracharia Auto Car -
- Camisa 10 -

MAIS LIDAS

- Bio Vida -
- Casa Bonita -
- Borges Seminovos -
- Tropeirão -
- Hellen Modas -
- Criativa Móveis -

TEMPO / CLIMA

Patrocínio
nuvens dispersas
28.3 ° C
28.3 °
28.3 °
56 %
2.2kmh
28 %
dom
27 °
seg
26 °
ter
28 °
qua
29 °
qui
30 °
- Sabor Mineiro -
- Camisa 10 -
- Borracharia Auto Car -
- Brasil Lubrificantes -