domingo, 14 julho
Publicidade
Publicidade
InícioLiberdade de OpiniãoMamazão: Cópia Descarada  de Júlio Elias e Sem Originalidade na Política de...

Mamazão: Cópia Descarada  de Júlio Elias e Sem Originalidade na Política de Patrocínio

Campanha marcada por plágio e falta de ética levanta questionamentos sobre a integridade do candidato

A campanha eleitoral de Mamazão, com o slogan “Patrocínio não pode parar”, está sendo alvo de duras críticas pela evidente falta de originalidade e ética.

Mamazão parece imitar descaradamente o ex-prefeito Júlio Elias, sem trazer nada novo para a mesa além de vídeos forçados e uma presença decorativa.

A tentativa desesperada de justificar sua permanência política a qualquer custo é evidente.

Mais preocupante, Mamazão já acumula mais de 60 denúncias na Justiça Eleitoral por propaganda extemporânea.

Tal volume de acusações revela um desrespeito claro pelas regras eleitorais e uma completa indiferença à ética na política.

Em um episódio recente, o prefeito interferiu diretamente no legislativo, interrompendo uma reunião ordinária para manipular os votos de seus 11 vereadores aliados e barrar um projeto de emenda impositiva.

Esse comportamento é um deboche para com a população e os eleitores.

Patrocínio merece líderes honestos, transparentes e qualificados, não candidatos fantoches sem currículo ou propostas concretas.

A cidade precisa de uma política que valorize a integridade e a competência, e não de figuras que só representam interesses pessoais e de seus chefes.

Relembre a fala do vereador Carlão na Câmara Municipal:

Qual melhor nome para Patrocínio?

VEJA TAMBÉM
Enquete

Qual melhor nome para Patrocínio?

Publicidade
Não foi possível carregar esta votação.

Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Publicidade
×